Fruto Musical promoveu o 15º Encontro de Corais de Itupeva

Por em 6 de dezembro de 2019
Jornal de Itupeva

O Centro Cultural Fruto Musical promoveu, no último sábado, dia 30 de novembro, o 15º Encontro de Corais de Itupeva, apresentação referente à temporada artística de2019, que aconteceu na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, localizada na região central de Itupeva.

O evento é realizado no município desde o ano 1999 e tem por objetivo incentivar a cultura, apresentando um desempenho de conteúdo de alto padrão, por meio de artistas que abrilhantam o espetáculo.  O repertório do encontro é eclético com um misto de músicas sacras, eruditas, clássicas, popular brasileira ou internacional, contando ainda com apresentações cênicas e coreografias dançantes ou estáticas diante ritmos diversificados.

O tradicional evento não tem caráter competitivo, portanto, não existe competição entre os grupos que se apresentam sempre de forma bastante elogiada e emocionam o público presente.

A Orquestra de Cordas e Câmara do Projeto Fruto Musical foi a primeira a se apresentar, interpretando a primeira parte da Sinfonia nº 40 de Mozart, com arranjo orquestral escrito pela spalla Miriã Campos e pela maestrina Margarete Campos.  A Orquestra de Cordas e Câmara representa o primeiro Projeto social, cultural e artístico da cidade de Itupeva, com a participação dos alunos de uma orquestra semi-profissional. A Sinfonia nº 40 de Mozart é uma peça musical da época do Classicismo, apresentando um diferencial percebido com ênfase da dinâmica do forte e do fraco nos instrumentos.

Na sequência se apresentou o grupo “The Guitar Girls”, que é um grupo de violonistas da cidade de Jundiaí, formado pelo maestro Sérgio Moreira e pela composição de alunas que desenvolvem músicas instrumentais com acordes, solos e percussão no próprio instrumento: o violão.  Nesta primeira etapa do espetáculo, o grupo apresentou as músicas: Wave  (Tom Jobim); Homenagem aos Italianos (Tarantellas) e Granada (Augustin Lara).

A Orquestra Caipira Violão e Viola do Projeto Fruto Musical (foto acima), acompanhada pelo Coral Pequenos Cantores e Madrigal Fruto Musical apresentou ‘Vida de Pescador’ (Mato Grosso e Mathias), com destaque para a spala ‘Frorentina’, interpretada por Margarete Campos.  Em seguida se apresentou o Coral Madrigal Fruto Musical com a música de repertório popular brasileiro: Berimbau (de Baden Powell).

Para representar a igreja que foi sede para o evento, o Coral “A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos dias”, sob regência de Carmem de Sá Dias, preparou três repertórios para o evento: “Sou um filho de Deus” (de Mildred Pettit, letra de Naomi Randall e arranjo de Jacson); Vinde a Cristo (letra e música de Donald Ripplinger) “Onde você estava naquela noite de Natal (com letra e música de Natalie Sleeth).

O Ballet Ballanchine (NYC) movimentou o evento com a apresentação da “Dança Imperial”, que por sinal foi muito aplaudida. Elaborado pelas professoras Margarete e Miriã Campos, o Ballet Americano é um ballet coreográfico e cênico, que realizou uma entrada e saída pomposa para a majestosa Côrte, que na ocasião foi representada pelo público presente.

Outra apresentação que foi muito aplaudida foi do Coral FATI – Faculdade Aberta para a Terceira Idade -, que na primeira etapa apresentou duas canções italianas sob regência do Maestro Ricardo Gazzi: Solo Mio (Di Capua) e Carnavalito Quebradeño (música tradicional argentina).

O Coral Pequenos Cantores do Projeto Fruto Musical fez a apresentação de Coro Cênico com estreia de sapateado. Com direção Cênica e coreográfica de Miriã e Margarete Campos, e piano e regência da maestrina Maregarete Campos, o coral apresentou a música Fantasma (Mozart), que é uma peça que representa que o escuro não é muito agradável, e também apresentou Do-Re-Mi (do filme Noviça Rebelde), com pequena dança de iniciação ao sapateado.

O Coral FATI fez nova apresentação, desta vez com duas canções brasileiras: Esperando na Janela (de Gilberto Gil) e Conversa de Botequim (Noel Rosa e Vadico).

Na parte final do evento, o Projeto Fruto Musical apresentou ‘Acrobatas na Galáxia’, que é um número de acrobacia de modalidade que trabalha com a agilidade, flexibilidade, firmeza e alongamento, que também são trabalhados no Ballet Americano, porém, na acrobacia os exercícios são mais acentuados por se apresentarem como esportes mais radicais.

Encerrando o Encontro de Corais, o maestro Sérgio Moreira acompanhou o grupo The Guitar Girl em uma nova apresentação, com a música ‘Baião a Luiz Gonzaga’.
Para encerrar o evento, as organizadoras Margarete Campos e Miriã Campos entregaram um Certificado a todos que participaram. Elas agradeceram aos presentes e também aos participantes, apoiadores e patrocinadores, especialmente à Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

A diretora do Fruto Musical, Margarete Campos, estava feliz com o resultado da apresentação e agradeceu o empenho e presença de todos. “Tudo isso não acontece por acaso e tem uma linda explicação. Todos que se apresentaram aqui trabalharam e ensaiaram arduamente, com a finalidade de alegrar a todos com as lindas músicas que sempre estão presentes no coração destes artistas. E isso vocês conseguiram. Parabéns”, disse.

Concerto de Natal
O Fruto Musical convida a todos para o seu Concerto de Natal, que acontecerá às 19 horas deste sábado, dia 7 de dezembro, no Teatro Fruto Musical, localizado na Avenida Brasil, 801 – Centro – Itupeva/SP.